Escolha as lentes certas para você

Escolha as lentes certas para você

Sempre ficamos em dúvida na hora de comprar as lentes de contato. Afinal, cada patologia pede um tipo especifico de lente. Então, fique atento, e descubra agora qual o tipo ideal de lente para você.

Astigmatismo

O astigmatismo atinge uma parcela considerável da população brasileira. Essa patologia ocorre por conta de uma irregularidade nas córneas, que provoca o desvio da luz antes de atingir as retinas. Isso acaba tornando a visão menos nítida, com imagens desfocadas e até borradas.

Esse problema pode ser resolvido com o uso de lentes de contato. As lentes mantém o foco da luz em um único ponto, tornando assim, a visão mais nítida e sem borrões.

Miopia

A miopia é uma anomalia na qual o globo ocular é alongado demais em relação à capacidade de refração dos olhos. Por isso, as imagens são focadas antes de chegar à retina. Dessa forma, pessoas com miopia visualizam objetos distantes de maneira embaçada. Atualmente, a miopia é o distúrbio relativo a “grau” mais comum no mundo todo.

As lentes de contato usadas para essa correção são chamadas de negativas, ou divergentes. Elas são estruturadas de maneira que possuem uma curvatura acentuada na parte interna e o centro das lentes mais fino. Assim, a luz entra com mais facilidade pela lente, empurrando o ponto de foco para trás.

Hipermetropia

A Hipermetropia é uma anomalia refracional, que ocorre quando a imagem se forma atrás da retina. Normalmente, as pessoas que possuem essa anomalia contam com boa visão de longa distancia, tendo problemas para enxergar conforme o objeto se aproxima.

As lentes usadas para corrigir a hipermetropia são as chamadas convergentes, ou convexas. Elas têm como função direcionar a luz para a retina, melhorando a visualização dos objetos.

Curtiu? Compartilhe