Quando alguém recebe a indicação médica que deverá passar a usar óculos de grau ou quando há aumento no grau que já se usa, a primeira preocupação costuma ser relacionada à escolha de um modelo que caia bem. Além da armação, outro ponto de extrema importância a se observar diz respeito aos tipos de lente de grau existentes. Já que as características presentes nelas possuem finalidades diferentes, que vão além da questão estética.

Há muitos pontos a serem observados na hora de escolher os tipos de lentes de grau. Dentre eles estão o tipo de foco que deverá ser empregado, o material que será utilizado e o chamado valor diotrópico, que são os dados peculiares às necessidades de cada pessoa com necessidade de usar óculos de grau.

tipos de lentes de grau

Tipos de Lentes de Grau:

Os vários tipos de lentes de grau existentes possuem funcionalidades igualmente diversificadas. Assim sendo, a escolha se baseia tanto nas preferências do usuário quanto na indicação médica prescrita. Confira os tipos de lentes de grau:

Lentes convergentes:

As chamadas lentes convergentes são aquelas necessárias aos casos em que o usuário possui hipermetropia, ou seja, quando o paciente possui dificuldade permanente em enxergar de perto. Muitas pessoas são diagnosticadas com este tipo de erro de refração. Isso ocorre em decorrência das imagens passarem a ser focadas atrás da retina. Geralmente as pessoas procuram auxílio médico por passarem a ver objetos próximos de maneira desfocada.

> Clique aqui e conheça os melhores óculos de grau <

Lentes divergentes:

Quem sofre de miopia encontra dificuldade em visualizar objetos que estejam longes do próprio campo de visão. A queixa mais comum de quem chega aos consultórios de oftalmologistas é a de que os objetos distantes parecem embaçados ou distorcidos. Contudo, o paciente com este tipo de dificuldade consegue enxergar normalmente. Desse modo, as lentes divergentes surgem como solução para a correção visual nestes casos.

Lente multifocal:

A lente multifocal é recomendada quando o paciente possui necessidades visuais variadas. Nesses casos, há a necessidade do uso de mais de um par de óculos por parte do usuário. O que pode ser solucionado utilizando-se apenas um para correções. Assim sendo, esse tipo de lente é feito de modo a ser composto pelo número de campos de visão necessários, possibilitando com que o usuário consiga realizar suas atividades normalmente.

Lentes progressivas / Lentes bifocais:

Quando se tratam de lentes progressivas / lentes bifocais, estas são indicadas quando o paciente possui presbiopia, ou seja, tanto a necessidade de corrigir a visão para perto quanto para longe. Isso é possível pelo fato desse tipo de lente ser composto por dois campos de visão. Nesse caso, basta que se ajustem os ângulos de acordo com a necessidade em um determinado momento.

Óculos Perto e Longe:

As pessoas podem tanto possuir dois pares de óculos, perto e longe, quanto reunirem estas características em uma mesma peça. No momento da escolha, contudo, o usuário deverá avaliar o que lhe cabe melhor, levando-se em consideração a qualidade de vida que poderá ter, bem como a questão do conforto e da funcionalidade. Para uma melhor orientação e ajustes dos óculos escolhidos é sempre importante que se recorra a um profissional da área.

> Óculos de grau a partir de R$99 <

Desconto de até 60%OFF

Apenas para quem se cadastrar!